Filtre Por Categoria
Filtre por Categorias

Conheça as vantagens de fazer um curso pré-vestibular

Muitos estudantes sonham em ingressar em uma universidade, mas é preciso ter organização e disciplina nos estudos para conquistar uma vaga.

O curso pré-vestibular é uma excelente opção para aqueles que desejam apoio na preparação para os exames. Neste post, explicaremos as diferenças entre estudar sozinho e fazer um cursinho, e mostraremos os benefícios de contar com o apoio de professores e de outros profissionais que entendem do assunto. Continue a leitura para saber mais!

 

Estudar sozinho ou fazer um curso pré-vestibular?

Essa é uma dúvida de muitos estudantes. Para tomar a decisão mais correta, é preciso avaliar as diferenças entre cada opção.

“Estudar por conta própria exige muita disciplina em relação aos horários e à frequência de estudo, para evitar perder o foco e ter um baixo rendimento. Mas nem todos conseguem fazer isso sozinhos. Além disso, o estudante precisa se esforçar bastante para dividir o tempo de estudo necessário para cada conteúdo, o que requer não só disciplina, mas também experiência e conhecimento”, afirma Marcelo Fonseca, coordenador geral do Curso Etapa São Paulo.

“No cursinho, há uma rotina de aulas e de simulados, com tarefas pré-definidas e metas bem claras. Além disso, o curso disponibiliza um material didático personalizado e oferece uma série de recursos para os vestibulandos. Assim, o estudante pode focar o que realmente importa, ou seja, o aprendizado, economizando bastante tempo e energia”, destaca Fonseca.

O vestibulando que estuda por conta própria ainda precisa acompanhar a atualização constante dos conteúdos das provas e os editais dos exames. “Hoje, o acesso à informação é bastante simples graças à internet. Por outro lado, o vestibular exige questões muito específicas e, consequentemente, gerenciar a quantidade de informação disponível e o tempo para estudar pode ser um desafio para quem se prepara sozinho”, explica o coordenador.

Nesse caso, é preciso bem mais do que buscar informações em fontes oficiais ou confiáveis. A experiência e o conhecimento em relação aos vestibulares é um diferencial. “Os professores e os demais profissionais do cursinho ‘respiram’ vestibular, por isso o estudante que opta por se preparar com esse apoio tem tranquilidade para aprender e se desenvolver”, afirma Fonseca.

 

Quais os benefícios de fazer um curso pré-vestibular?

Para você não ter dúvidas entre estudar por conta própria ou fazer um cursinho, confira os três aspectos fundamentais para o sucesso no exames e os benefícios de fazer um curso pré-vestibular para cada um!

 

1) Estudo com disciplina e organização

Manter a disciplina e a organização nos estudos é fundamental para conquistar o resultado esperado nos exames. Para isso, os estudantes precisam ter um plano de estudos, priorizar as matérias que consideram mais difíceis e os conteúdos mais cobrados nas provas, e manter a concentração na hora de estudar, evitando distrações.

Essas características podem ser desenvolvidas pelos vestibulandos ao longo do tempo e com bastante dedicação. Mas fica ainda mais fácil manter a disciplina e a organização estudando em um cursinho pré-vestibular.

Além da rotina estruturada de aulas, simulados e tarefas, no curso pré-vestibular os estudantes também contam com uma equipe de professores com vasto conhecimento e um material didático completo e atualizado.

Isso faz toda a diferença na preparação para o vestibular, pois permite que o estudante aprofunde seus conhecimentos e desenvolva suas habilidades com foco nas principais tendências dos exames.

No cursinho, o vestibulando também encontra espaços destinados especialmente aos estudos, com estrutura adequada para garantir sua concentração.

 

2) Comparação e acompanhamento com especialistas

Durante a preparação para o vestibular, o estudante precisa avaliar constantemente seus conhecimentos, para entender os conteúdos que precisam de maior dedicação e, consequentemente, aumentar seu desempenho.

Uma das formas de fazer essa avaliação é com a resolução de exercícios e de provas dos anos anteriores, que podem ser encontradas na internet. Porém, como os exames são atualizados constantemente, isso pode não ser suficiente para uma boa preparação.

No cursinho, o estudante participa de diversos simulados com questões que refletem as últimas tendências dos principais exames, o que garante uma evolução gradual. “A fase pós-simulado também é fundamental para a preparação do estudante. Alguns cursinhos disponibilizam o resultado das provas com o máximo de detalhes, permitindo comparações com outros candidatos e oferecendo orientação para o vestibulando melhorar seu nível de conhecimento e seu desempenho”, afirma Marcelo Fonseca.

O curso pré-vestibular também oferece uma rotina de treinamento específica para as provas de redação, que possuem um peso significativo nos exames. “No cursinho, o estudante pode contar com orientação para o desenvolvimento de diferentes tipos de redação, padrões de correção de cada vestibular e temas da atualidade, assim como uma correção detalhada, com a possibilidade de tirar dúvidas e obter orientações específicas”, explica Fonseca.

 

3) Apoio total para o estudante

Contar com o apoio da família e dos amigos é fundamental para diminuir o estresse pré-vestibular. Mas o vestibulando pode ter outras fontes de apoio como os plantonistas do cursinho, que ficam à disposição dos estudantes para esclarecer as dúvidas e ajudar no progresso dos estudos.

“Também há o apoio em outras dimensões, como a emocional, para enfrentar a pressão pré-vestibular, e o auxílio na escolha da carreira. O cursinho também pode oferecer informações sobre as profissões para que o estudante tome uma decisão da forma mais embasada possível”, explica o coordenador geral do Curso Etapa.

“No cursinho, o estudante ainda pode contar com o suporte via web ou aplicativo, onde encontrará materiais de apoio, resultados dos simulados e um serviço de treinamento de redação de forma rápida e completa. Todas essas ferramentas complementam os estudos e o treinamento fora da sala de aula”, afirma Fonseca.

 

Quando fazer um curso pré-vestibular?

Muitos estudantes precisam conciliar o Ensino Médio ou o trabalho com a preparação para os exames, e o cursinho pode ajudar nisso. “O vestibulando que dispõe de pouco tempo para estudar poderá aproveitá-lo de forma mais eficiente no curso, aumentando suas chances de conquistar uma vaga na universidade”, ressalta Marcelo Fonseca, coordenador geral do Curso Etapa São Paulo.

Fonseca explica que há pré-vestibulares para diferentes necessidades. “O cursinho noturno, por exemplo, é indicado especialmente para quem estuda em outro período do dia ou trabalha”, pontua.

 

Gostou das vantagens de fazer um curso pré-vestibular? Mas atenção: é preciso estar atento na hora de escolher a melhor opção para você. “O cursinho precisa oferecer apoio total ao estudante e estar alinhado com as últimas tendências dos exames”, afirma Fonseca.

Quer saber sobre como é o Curso Etapa? Entre em contato por meio de um de nossos canais de atendimento e saiba mais!

 

Conheça mais o Curso Etapa

Saiba o que fazer quando não passar no vestibular
7 passos para preparar um local de estudo confortável e organizado
Posts relacionados
7 passos para preparar um local de estudo confortável e organizado
7 passos para preparar um local de estudo confortável e organizado
5 passos para controlar o estresse pré-vestibular
5 passos para controlar o estresse pré-vestibular

Comment

Cadastre-se no Blog

Cadastre-se no blog