Filtre Por Categoria
Filtre por Categorias

7 passos para preparar um local de estudo confortável e organizado

Transformar um espaço da casa em um local de estudo ideal envolve várias etapas. Saiba mais neste post!

Um dos segredos para melhorar a concentração e otimizar o aprendizado é a organização. Isso vale tanto para o modo como você se planeja para se dedicar a cada disciplina quanto para a preparação de um local de estudo confortável e organizado.

Silêncio, iluminação adequada, móveis confortáveis e, é claro, organização são alguns critérios que você deve levar em conta para preparar o ambiente da melhor forma. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para ajudar você a preparar o seu local de estudo. Confira!

 

Por que preparar o local de estudo?

Você pode até tentar estudar em um cômodo mais movimentado da casa, com pessoas transitando ou com a televisão ligada. Mas é bem provável que isso prejudique a sua concentração, memorização e assimilação dos conteúdos.

“Ter um ambiente adequado para os estudos é fundamental para estabelecer uma rotina e ter ganhos consideráveis em termos de aprendizado. É no local escolhido que o estudante irá se deparar com dificuldades e aprender a superá-las progressivamente”, afirma Marcelo Dias, coordenador do Grupo Etapa.

O ideal é ter um espaço exclusivamente para os estudos. Quanto menos interrupções você tiver, melhor! E isso vale para todo tipo de distração, inclusive as notificações que chegam no seu celular também prejudicam o rendimento no momento de estudar.

A seguir, confira o passo a passo para criar um ambiente de estudos ideal!

 

Como montar um local de estudo adequado?

Transformar um espaço da casa em um local de estudo ideal envolve várias etapas, desde a escolha do ambiente, a organização do espaço e a preocupação com os móveis e a iluminação. Então preste bem atenção nos pontos que você deve considerar para facilitar o seu aprendizado.

 

1. Escolha um ambiente reservado

A escolha do local é o primeiro passo dessa preparação. Não tem problema se a sua casa tem espaço limitado e você não pode contar com um cômodo inteiro. Pode ser um espaço do seu quarto ou qualquer outro lugar da casa onde você consiga ter o mínimo de privacidade. O importante é encontrar um ambiente reservado, sem a influência de sons externos ou pessoas circulando.

“Estudar é um ato solitário, portanto escolha um local em que você possa ficar sozinho por algumas horas. Vale pedir aos familiares e amigos que respeitem as suas horas de estudo, e até colocar um recado na porta, como: neurônios a todo vapor, volte mais tarde”, pontua Dias.

 

2. Prepare o local

Seja um ambiente grande ou um espaço reduzido onde só cabe a mesa do computador e uma cadeira: o importante é torna-lo um local confortável. Então avalie o espaço disponível e pense nas suas necessidades, listando os itens que você precisará colocar no ambiente.

Independente de quantos móveis você conseguir colocar no seu local de estudo, existem itens que não podem faltar. “Uma mesa, uma cadeira e uma prateleira para os livros já bastam para que você possa estudar com conforto e organização, aumentando a sua produtividade”, destaca Dias.

Para facilitar, você pode utilizar itens que já possui em casa e que atendam às suas necessidades. E atenção com a ergonomia dos móveis! Afinal, passar várias horas seguidas em uma cadeira desconfortável pode afetar o seu rendimento durante os estudos.

 

3. Reúna os materiais necessários

Depois de escolher o local adequado e prepará-lo, é hora de equipar a sua sala de estudos com os materiais que você vai utilizar. Para isso, considere estas opções:

  • Livros; 
  • Apostilas; 
  • Cadernos; 
  • Canetas; 
  • Marca textos; 
  • Post-it; 
  • Quadro de planejamento; 
  • Garrafa de água;
  • Dispositivo para acesso a sites de pesquisa na internet.

 

Você pode adicionar outros itens que julgar necessários para se organizar e estudar com dedicação. “Ambientar o local de estudos de acordo com as suas preferências pessoais também favorece o aprendizado. Lembre-se que ele será o seu QG¹ durante um bom tempo”, afirma Dias. O importante é ter em mãos tudo aquilo que pode facilitar a sua rotina de estudos.

 

4. Mantenha o local bem iluminado

A iluminação é outro ponto que merece atenção. Se a luz não estiver a seu favor durante a leitura de livros e apostilas, você se sentirá cansado e indisposto em pouco tempo. E o resultado disso será um rendimento abaixo do esperado.

O mesmo alerta vale para a leitura em dispositivos digitais. A exposição frequente a uma tela de computador, notebook, tablet ou celular em um ambiente mal iluminado pode cansar a sua visão e até causar dores de cabeça.

Invista em uma lâmpada com uma luminosidade equilibrada e, de preferência, com tonalidade branca e fria. Caso a luz do ambiente esteja projetando sombras, você também pode investir em uma luminária de mesa, por exemplo.

 

5. Atenção à temperatura e à limpeza

Um ambiente muito frio ou muito quente pode causar desconfortos, o que prejudica o seu rendimento durante os estudos. Por isso, procure um local de estudo arejado, com uma temperatura ambiente entre 20ºC e 23ºC e uma umidade relativa acima dos 40%, conforme a Norma Regulamentadora nº17, um conjunto de requisitos e procedimentos que estabelece os parâmetros de ergonomia adequados para ambientes onde são executadas atividades intelectuais.

Por fim, cuide bem do seu local de estudo. Deixe tudo sempre limpo e em ordem. Assim, o ambiente ficará agradável e você não correrá o risco de perder tempo para procurar as coisas que precisa no meio da bagunça.

 

6. Desapegue-se dos eletrônicos

Sabemos o quanto itens como televisão, notebook e celulares são capazes de causar distração, não é mesmo? Por isso, evite ao máximo mantê-los por perto enquanto estiver se dedicando aos estudos.

“Faça um acordo com você mesmo e mantenha-se longe dessas distrações, deixando para acessar serviços de streaming, redes sociais e jogos online somente após terminar os estudos. Uma mensagem que você lê enquanto está estudando já pode tirar a sua concentração”, destaca Dias.

 

7. Não se esqueça de cuidar da saúde

Durante a preparação para os exames, muitos vestibulandos deixam de lado os cuidados com a alimentação, a hidratação e o sono. Mas a adoção de hábitos saudáveis pode ajudar na fixação dos conteúdos. “É difícil render sem dormir e se alimentar adequadamente. Por isso, tenha sempre por perto uma garrafa de água, procure dormir 8h por noite e evite ficar longos períodos sem comer, dando preferência a alimentos saudáveis”, afirma Dias.

E um último lembrete: faça pausas periódicas durante o período de estudo. Não sobrecarregue o seu cérebro com uma maratona de horas ininterruptas de pesquisas, leituras e exercícios. Para fazer uma gestão eficiente do seu tempo, com espaços para descanso, existem técnicas e aplicativos que podem ajudar.

 

Agora você já sabe o que precisa fazer para montar um local de estudo confortável e organizado. Mas não se esqueça de que os itens mais importantes para otimizar o seu rendimento são a dedicação e o compromisso com o aprendizado.

Conhece mais alguém que precisa dessas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais e mostre para os seus colegas que é possível preparar um bom local de estudo em casa!

 

¹QG: Sigla para “quartel general” que é utilizada como gíria para se referir a um local usado como base para concentração de uma pessoa ou de um grupo.

 

Conheça mais o Curso Etapa

Conheça as vantagens de fazer um curso pré-vestibular
Posts relacionados
Conheça as vantagens de fazer um curso pré-vestibular
Conheça as vantagens de fazer um curso pré-vestibular
5 passos para controlar o estresse pré-vestibular
5 passos para controlar o estresse pré-vestibular

Comment

Cadastre-se no Blog

Cadastre-se no blog