Filtre Por Categoria
Filtre por Categorias

Como escolher a profissão correta?

como escolher a profissão correta

Fim do Ensino Médio e chegada do vestibular: trata-se de uma fase marcada por mudanças significativas na vida do estudante, por isso, é também uma das que mais gera questionamentos. Como escolher a profissão correta? Dá para ter certeza de que vou gostar do curso escolhido? Se essa situação parecer familiar, não se preocupe. Esse é mesmo um momento delicado e nós sabemos que lidar com todas essas questões não é nada fácil!

Pensando nisso, separamos neste post algumas dicas importantes para ajudar você a saber como escolher a profissão correta e dar início a uma carreira de sucesso. Ficou interessado no assunto? Então, continue conosco e acompanhe!

 

Busque autoconhecimento

Será que você se conhece de verdade? Essa pode até parecer uma pergunta corriqueira, mas acredite: ela faz toda a diferença para quem deseja descobrir como escolher a profissão correta. Somente entendendo nossos próprios objetivos, habilidades, gostos e aspirações é possível chegar às melhores opções de cursos.

Por isso, faça um verdadeiro exercício de autorreflexão:

  • O que eu me imagino fazendo no futuro?
  • O que eu não me imagino fazendo de jeito nenhum?
  • Quais são as minhas habilidades?
  • Quais são os meus pontos mais fracos?

No momento de escolher a profissão correta, é fundamental considerar o que você gosta, pois esta decisão o acompanhará pelos próximos anos — e fazer escolhas baseadas apenas em critérios como a influência dos pais ou amigos, cursos em alta ou maiores salários nem sempre dá certo.

Aqui, é claro que não estamos falando que as tendências devem ser ignoradas, mas o mercado de trabalho é extremamente dinâmico. Sendo assim, é importante considerá-las em conjunto com os demais aspectos importantes para a sua decisão.

 

Pesquise bastante

Toda decisão envolve um processo de planejamento e, em se tratando da escolha de uma profissão, isso definitivamente não poderia ficar de fora. Felizmente, o acesso à informação nos dias de hoje é muito mais fácil do que nas décadas passadas.

Existem vários guias na internet sobre carreiras de todos as áreas, destacando aspectos como dia a dia da profissão, possibilidades de atuação, remuneração, entre outros.

Sendo assim, pesquise e leia muito. Esse é um passo fundamental, pois você pode descobrir que aquela profissão que já despertou seu interesse anteriormente, na verdade, não é a mais ideal.

Vamos supor que, por gostar muito de séries sobre a área da saúde e ser atraído por perspectivas positivas de salário, o vestibulando decida cursar Medicina, por exemplo.

No entanto, ao pesquisar sobre o verdadeiro cotidiano da profissão ele pode mudar de ideia.

Caso pulasse essa etapa da pesquisa, ele poderia passar no vestibular, iniciar o curso e, posteriormente, desistir. Outra possibilidade seria ele concluir a graduação e começar uma carreira que não lhe traz realização profissional, gerando frustração ou demandando mais tempo de estudo e investimento para uma mudança de carreira.

 

Converse com profissionais das áreas de interesse

Após se informar sobre a profissão de interesse, é importante complementar sua pesquisa conversando com quem a vivencia todos os dias. Dessa forma, você conseguirá obter uma boa visão da carreira, tanto na teoria quanto na prática.

Voltemos ao exemplo do estudante que quer cursar Medicina. Caso entenda que o dia a dia de um médico realmente tem tudo a ver com o que ele deseja, uma ótima ideia é fazer perguntas para os profissionais da área, se possível, visitando hospitais e clínicas.

Em todas as áreas de atuação, há lados positivos e negativos — e o profissional formado poderá fornecer informações mais precisas nesse sentido.

Um exemplo é a jornada de trabalho. Se você é uma pessoa que gosta de rotina, o mais recomendado é escolher uma carreira na qual surpresas não fazem parte do cotidiano. Por outro lado, quem gosta de desafios terá mais chances de se sair melhor em profissões nas quais um dia não é igual ao outro.

As palestras e workshops realizados por profissionais da sua área de interesse também são uma boa alternativa para se informar sobre uma determinada carreira. Além dessa opção, há os eventos que reúnem estudantes de graduação de diferentes cursos com o objetivo de ajudar os vestibulandos a conhecerem o dia a dia das profissões. Inclusive, existem diversas colégios e cursinhos pré-vestibular que promovem esse tipo de atividade, como uma forma de apoiar o estudante e oferecer orientação profissional.

Lembre-se de que, neste post, não estamos falando que você deve basear a sua escolha apenas de acordo com o que um terceiro diz, afinal, o que é bom para um pode não ser para outro. Muitas vezes, a pessoa com a qual você está conversando só quer ajudar, mas pode não estar passando por um bom momento na carreira e acabar mencionando apenas os aspectos desfavoráveis da profissão. Por isso, esse é um passo que complementa os que já citamos até aqui.

 

Escolha um curso e uma faculdade de qualidade

Você já entendeu o que quer para o seu futuro, leu bastante sobre a profissão que deseja seguir e conversou com pessoas formadas na área para ter uma noção mais próxima do dia a dia da carreira e suas funções. Felizmente, metade da missão já foi cumprida!

No entanto, também é necessário dar uma atenção redobrada quanto ao curso escolhido e à instituição de ensino na qual ele é oferecido.

Você quer estar o mais preparado possível para atender às demandas do mercado, por isso, é importante optar por uma formação de qualidade, com uma boa grade curricular e um corpo docente de alto nível.

Sendo assim, mais uma vez, a pesquisa volta a ser a sua aliada. Avalie a grade curricular do curso, certificando-se de que as disciplinas em questão realmente estão de acordo com seus objetivos. No site e nas redes sociais da faculdade, busque conhecer o corpo docente, os diferenciais da formação, a infraestrutura e até mesmo depoimentos de alunos e ex-alunos.

Por fim, é necessário verificar se a instituição de ensino escolhida conta com o devido reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Essa é a garantia de que seu diploma terá valor e será reconhecido no mercado de trabalho.

 

Como foi possível perceber, não existe uma fórmula mágica que ajuda o estudante a saber como escolher a profissão correta. No entanto, seguindo as dicas deste post, fica mais fácil entender quais são os seus gostos, aptidões e objetivos — guiando-o em uma decisão acertada e que marcará a sua vida pelos próximos anos.

Gostou das informações do post? Então, aproveite que está aqui e nos siga nas redes sociais. Assim, você receberá mais conteúdos como este no Facebook e no Instagram.

 

Conheça mais o Curso Etapa

Como estudar para o Enem? Confira o guia completo!
Posts relacionados

Comment

Cadastre-se no Blog

Cadastre-se no blog