<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=277882379290217&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Filtrar por Categoria
Filtrar por categoria

Como ter motivação para estudar? Confira 6 dicas

Confira algumas dicas de como desenvolver motivação para estudar!

A motivação é essencial para o sucesso acadêmico dos indivíduos! Quando os estudantes se sentem motivados, tendem a ter mais facilidade para cumprir a rotina de estudo, o que potencializa os resultados da preparação para as provas da escola, do vestibular ou da faculdade.

 

Como a motivação para estudar pode contribuir para o seu desempenho acadêmico?

Em primeiro lugar, é fundamental destacar que estar motivado é uma importante engrenagem para o desempenho dos estudantes. “A motivação é como um propulsor que vai impulsionar os estudantes a manter o foco nas atividades que estão desempenhando, contribuindo para que eles enxerguem motivos para continuar a se dedicar aos estudos”, afirma Pablo Ganassim, professor da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa.

Por outro lado, um estudante desmotivado tende a ter mais dificuldade para assimilar e fixar os conteúdos, o que colabora para que ele passe a procrastinar suas atividades e, consequentemente, tenha um resultado aquém do esperado.

 

“Os estudantes se motivam porque o estudo rende e o estudo rende porque eles estão motivados! Isso significa que algum passo precisa ser dado para que esse ciclo seja criado e os resultados possam surgir”, explica Edmilson Motta, coordenador-geral do Colégio Etapa.

 

6 dicas de como ter motivação para estudar

Agora que você já sabe como a motivação pode contribuir para o seu desempenho nos estudos, confira algumas dicas simples.

 

1) Defina seu propósito e suas metas

O primeiro passo para ter mais motivação para estudar é compreender qual é o seu propósito. Reflita sobre aonde você quer chegar e quais são as ações necessárias para que isso aconteça.

“Depois de definir um propósito, o ideal é traçar metas que o ajudem a manter o foco e a alcançar os resultados esperados. Contudo, é fundamental que essas definições sejam realistas. Nada de estabelecer metas que você não possa cumprir! Essas iniciativas lhe permitirão organizar um plano de estudos mais eficiente”, destaca Ganassim.

Nesse estágio, uma boa dica é utilizar a Metodologia Smart. Cada letra desse acrônimo identifica uma orientação para que o seu plano seja efetivo. Nesse caso, cada uma de suas metas deve ser:

  • “S” – Specific (Específica);
  • “M” – Measurable (Mensurável);
  • “A” – Attainable (Atingível);
  • “R” – Relevant (Relevante);
  • “T” – Time based (Prazo).

 

2) Crie o hábito de estudar

O segundo passo para se manter motivado é criar o hábito de estudar. “Estudar é uma atividade que exige frequência e regularidade. As ideias de que, um dia, você acordará inspirado ou que um meio exterior o motivará são um pouco ilusórias. Apenas estudar de forma regular, bem planejada e conduzida o levará a uma sequência de pequenos sucessos motivadores. A motivação aumentará naturalmente à medida que você estudar, aprender e perceber uma evolução. Por isso, é preciso criar uma constância”, avalia Motta.

Para tanto, o ideal é criar um cronograma de estudos bem organizado, além de respeitar a agenda definida e evitar procrastinar. Claro que imprevistos podem surgir, fazendo com que seu planejamento precise ser adaptado. Nesse caso, “adapte sua rotina de estudos para fazer frente aos obstáculos e às situações inesperadas que venham a surgir”, destaca Ganassim.

 

“Conseguir modificar seu plano de estudos de acordo com as novas demandas e dificuldades que surgem durante esse processo é uma importante habilidade. Nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos. Ser versátil, flexível e saber se adaptar é fundamental para o sucesso acadêmico de qualquer estudante”, complementa o professor da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa.

 

3) Adote uma rotina saudável 

“Não adianta ficar noites sem dormir e estudar exausto. Para aprender constantemente, é necessário cuidar da saúde física e mental. Busque ter uma alimentação balanceada, pratique atividades físicas e mantenha a qualidade do sono. Nenhum indivíduo com a mente cansada e sem forças físicas vai conseguir manter a motivação para estudar. Em contrapartida, um estudante com uma agenda de estudos bem organizada e a saúde bem cuidada terá mais facilidade para atingir suas metas”, esclarece Ganassim.

Reservar um tempo para os momentos de diversão também é uma peça-chave para o sucesso acadêmico dos estudantes. “A dedicação é muito importante para que eles alcancem seus propósitos, porém o equilíbrio entre o estudo e o lazer é fundamental”, afirma o professor da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa.

Atividades simples, como ir ao cinema, fazer uma caminhada ou até mesmo sair com os amigos, ajudam a aliviar o estresse do dia a dia, o que possibilita que “os jovens fiquem mais dispostos e motivados a continuar suas jornadas acadêmicas com confiança”, finaliza Ganassim.

 

4) Evite se comparar com outros estudantes

Existe um ditado bastante popular que diz “a grama do vizinho sempre é mais verde”. Nesse sentido, a rotina de estudos dos seus colegas pode parecer melhor do que a sua. No entanto, é preciso considerar as diferenças na realidade daqueles que você observa. Isso porque cada estudante tem a sua própria jornada, com seus pontos fortes e suas lacunas de aprendizagem.

Sem falar que fazer comparações constantes pode gerar ansiedade e desânimo. Em vez disso, foque no seu desempenho e busque evoluir de acordo com os seus próprios resultados nos simulados, por exemplo.

“É muito comum confundir o preparo inadequado ou uma dificuldade anterior com a incapacidade de se desenvolver em uma determinada área. Muitos estudantes acreditam que não conseguirão aprender determinadas disciplinas, quando, na verdade, está faltando algum tipo de conhecimento prévio, que pode ser adquirido por meio do Plantão de Dúvidas, por exemplo”, destaca Motta.

 

5) Use bons métodos de estudo 

Para manter uma rotina mais dinâmica e eficaz, você pode usar diferentes técnicas de estudo, avaliando quais combinam melhor com o seu perfil de estudante e com cada disciplina.

 

O que acha de estudar por meio de filmes sobre acontecimentos históricos? E que tal criar um mapa mental com diferentes cores e formas para estudar os conceitos de Geografia ou reunir os amigos para fazer um grupo de debates sobre atualidades?

 

Além disso, é possível usar a tecnologia a seu favor. “Existem muitos recursos tecnológicos que podem ajudá-lo a organizar os estudos, a melhorar o seu desempenho acadêmico e até mesmo a controlar o estresse diário. São ferramentas que podem contribuir para que você mantenha a disciplina, o foco e a motivação nos estudos, de maneira clara e eficiente”, explica Ganassim. 

 

6) Reconheça suas pequenas vitórias

Durante sua rotina de estudos, é fundamental fazer autoavaliações constantemente. “Um estudante dedicado e organizado verifica regularmente se está cumprindo suas metas de estudo à risca. Afinal, é preciso ter certeza de que tudo o que é estudado está sendo assimilado. Assim, é possível ter mais condições de identificar os pontos de atenção e de adotar as medidas necessárias para sanar as dúvidas”, afirma Ganassim. 

Além disso, você deve reconhecer seu progresso e comemorar suas vitórias, mesmo que pequenas. Isso também tende a aumentar a motivação!

 

Como é possível perceber, a motivação para estudar requer ações práticas, além de organização, foco e disciplina. No Blog da ESEG - Faculdade do Grupo Etapa, você confere dicas valiosas que podem ajudá-lo a alcançar suas metas acadêmicas. Quer saber mais? Então acesse agora mesmo esse portal!

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

O papel da escola no desenvolvimento motor das crianças
Como facilitar a adaptação das crianças na escola
Posts relacionados
Design thinking: como e por que utilizá-lo nos estudos
Design thinking: como e por que utilizá-lo nos estudos
As 10 melhores técnicas de estudo para mandar bem na escola
As 10 melhores técnicas de estudo para mandar bem na escola

Inscreva-se no blog

Inscreva-se no blog