MATRÍCULAS

Receba informações

Internacional

Aprovações Internacionais 2021: Lucas Shoji

Por Colégio Etapa em 21/10/2021
Lucas Shoji pretende estudar Física e Ciência da Computação no MIT.

Massachusetts Institute of Technology (MIT)

Nos momentos de lazer, Lucas Shoji gosta de ler, observar o céu e tocar piano. E foi justamente por causa da ampla gama de atividades extracurriculares, além dos resultados do Colégio nos vestibulares, que ele decidiu participar do Desafio Etapa. Após ser contemplado com uma bolsa de estudos, Lucas iniciou sua trajetória acadêmica em nossa escola, o que lhe trouxe muitas mudanças de perspectiva sobre o futuro.

Isso porque Lucas nunca tinha imaginado que poderia estudar no exterior antes de entrar no Colégio Etapa. “No final da 1ª série do Ensino Médio, surgiu a oportunidade de ingressar nas turmas do Setor Internacional. Até então, eu não acreditava que era realmente possível fazer a graduação em outro país, mas o Colégio facilitou meu acesso a diferentes oportunidades. Sem o Etapa, eu nunca teria pensado em estudar fora, participado de olimpíadas estudantis internacionais ou me apaixonado por Física”, destaca.

Durante o Ensino Médio, Lucas conquistou diversas condecorações em importantes competições científicas, como: três medalhas de ouro (2018, 2019 e 2020) na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); uma menção honrosa na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA) em 2019; uma medalha de ouro na Competição Internacional de Astronomia e Astrofísica (IAAC) em 2020; e uma medalha de ouro na Global e-Competition on Astronomy and Astrophysics (GeCAA) em 2020.

O ex-aluno do Colégio Etapa também foi condecorado com três medalhas de ouro (2018, 2019 e 2020) na Olimpíada Brasileira de Física (OBF); duas medalhas de ouro (2019 e 2020) na Olimpíada Paulista de Física (OPF); uma medalha de prata na Olimpíada de Física dos Países Bálticos (NBPhO) em 2020; e uma medalha de ouro na Olimpíada Ibero-Americana de Física (OIbF) em 2020.

Os treinamentos olímpicos contribuíram para que Lucas descobrisse sua paixão pela Física e, consequentemente, influenciaram a escolha do seu major¹. O ex-aluno do Colégio Etapa decidiu estudar Física no Massachusetts Institute of Technology (MIT), uma das melhores universidades dos Estados Unidos.

Como forma de se preparar para os processos de candidatura do exterior, Lucas se dedicou às aulas do Advanced Placement (AP), que o ajudaram a se preparar para os testes padronizados e a melhorar sua proficiência na língua inglesa, uma vez que o curso é ministrado nesse idioma. O ex-aluno do Colégio também precisou investir um bom tempo de sua preparação na produção das essays² e, ainda, escolher dois professores do Etapa para lhe escreverem duas cartas de recomendação.

“Acredito que minhas conquistas nas olimpíadas estudantis contribuíram para eu me destacar no application³, e não só durante a análise das atividades extracurriculares ou das essays. Uma das minhas cartas de recomendação foi escrita pelo professor que ministrou os treinamentos olímpicos de Astronomia e de Física”, conta.

Recentemente, Lucas Shoji também se envolveu na organização das seletivas para as competições internacionais de Astronomia. Ademais, durante a quarentena, o ex-aluno do Colégio Etapa decidiu começar a estudar alemão e agora, enquanto aguarda o início das aulas na faculdade, tem se dedicado à programação, considerando seu interesse em conciliar as aulas de Física no MIT com um segundo major em Ciência da Computação.

“A princípio, eu pretendo atuar como pesquisador astrofísico ou aplicando os conhecimentos de Física em algum setor que possua um grande impacto no mundo, como a Computação Quântica ou a Energia de fusão nuclear”, conclui.

 

Lucas Shoji (3) 

Sobre o Massachusetts Institute of Technology (MIT)

Tradicionalmente, o MIT figura entre as cinco melhores universidades do mundo nos principais rankings de educação. E um dos principais aspectos responsáveis por esse resultado envolve o fato desse instituto ser um dos principais polos de pesquisa de Ciências, Engenharia e Tecnologia do planeta.

“Além da excelência acadêmica e das oportunidades relacionadas à pesquisa científica, o MIT é uma instituição bastante integrada. A universidade conta com uma ampla oferta de atividades ligadas às Ciências Sociais e às Humanidades e, ainda, é um espaço muito diverso culturalmente, uma vez que recebe estudantes de todas as regiões do planeta. Outro ponto que chamou minha atenção foi o fato de o MIT ser famoso por invenções incríveis que foram criadas por meio da colaboração entre alunos e professores”, afirma Shoji.

 

¹Major: termo utilizado para se referir a um curso de graduação nos Estados Unidos.

²Essays: redações autobiográficas que devem ser produzidas pelos candidatos dos processos de candidatura do exterior.

³Application: processo de seleção das universidades americanas e canadenses.

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades