MATRÍCULAS

Receba informações

Olimpíadas Científicas

Alunos do Colégio Etapa são premiados na CIIC 2020

Por Colégio Etapa em 16/09/2020
A CIIC 2020 ocorreu no dia 5 de setembro, por meio de uma prova virtual.

Seis alunos do Colégio Etapa foram premiados na edição de 2020 da Competição Ibero-Americana de Informática e Computação (CIIC). No total, eles conquistaram três medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Destaque para os alunos Yan Matheus Tavares e Silva, que recebeu a medalha Top Gold, condecoração destinada ao primeiro colocado na classificação geral de uma competição, e Carolina Moura Valle Costa, que foi a menina melhor classificada no torneio, conquistando a quarta colocação geral.

A competição foi realizada virtualmente, por meio de uma prova aplicada no dia 5 de setembro, em virtude da pandemia da Covid-19. A CIIC 2020 contou com a participação de 117 competidores de 13 países.

Formada por dez estudantes, a delegação brasileira conquistou três medalhas de ouro, quatro de prata e três de bronze.

 

Confira a relação dos nossos alunos medalhistas:

  • Yan Matheus Tavares e Silva: medalha de ouro (Top Gold);
  • Carolina Moura Valle Costa: medalha de ouro;
  • Luiz Henrique Yuji Delgado Oda: medalha de ouro;
  • Willian Wang: medalha de prata;
  • João Victor Teixeira Degelo: medalha de bronze;
  • Willian Miura Mori: medalha de bronze.

 

O que dizem alguns dos medalhistas da CIIC 2020

“Para conquistar um bom resultado em uma competição científica, é preciso ser persistente, acima de tudo. As olimpíadas nos incentivam a analisar uma situação sob diversos ângulos, a aprender por meio da tentativa e do erro e, ainda, a tentar diferentes abordagens para chegar à resposta correta”, afirma Carolina Moura Valle Costa, medalhista de ouro e a menina melhor classificada no torneio.

“Para mim, o desenvolvimento da autoconfiança foi uma das minhas maiores conquistas durante as competições científicas. Os bons resultados obtidos nos torneios me motivaram a estudar mais e a acreditar no meu potencial”, destaca Luiz Henrique Yuji Delgado Oda, medalhista de ouro.

“A experiência adquirida durante as competições foi muito relevante para o meu desenvolvimento, pois eu pude conhecer pessoas com os mesmos interesses que eu e que me incentivaram a ir além”, complementa Willian Miura Mori, medalhista de bronze.

“Além das medalhas conquistadas e do conhecimento adquirido, as competições científicas me proporcionaram inúmeras viagens, nas quais eu pude fazer amigos e ser mais reconhecido no ambiente olímpico. Em consequência disso, eu também conquistei mais liberdade e independência”, finaliza Yan Matheus Tavares e Silva, medalhista de ouro Top Gold.

 

Sobre a Competição Ibero-Americana de Informática e Computação

Criada em 1997, a CIIC é uma competição disputada por estudantes do Ensino Médio que residem nos países da América Latina, em Portugal, na Espanha, e em uma nação convidada. O torneio tem o objetivo de estimular o intercâmbio cultural e de conhecimentos entre os participantes e, ainda, fomentar a realização de olimpíadas de Informática em todos os países ibero-americanos.

No caso do Brasil, podem participar do torneio estudantes que tenham sido premiados na modalidade “Programação – Nível 2” da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) e que se classificaram para as seletivas da Olimpíada Internacional de Informática (IOI) no ano anterior à realização da prova da CIIC.

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

 

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades