MATRÍCULAS

Receba informações

Internacional

Aprovações Internacionais 2021: Rodrigo Santos Martines

Por Colégio Etapa em 02/09/2021
Rodrigo Santos Martines vai estudar Ciências Biológicas na University of Calgary.

Dalhousie University, McGill University, Simon Fraser University, University of Alberta, University of Calgary e York University

Rodrigo Santos Martines chegou ao Etapa em 2018, interessado nas aulas preparatórias para competições científicas e na ampla oferta de atividades extracurriculares. Tão logo iniciou os estudos no Colégio, o jovem ingressou no time de vôlei e nas equipes olímpicas de Biologia, Ciências e Química, que lhe renderam algumas medalhas.

Entre as conquistas mais expressivas, estão duas medalhas de ouro (2019 e 2020) na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC); uma de prata (2020) na Olimpíada de Química de São Paulo (OQSP); uma de bronze (2020) na Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) e mais um bronze (2019) na Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB).

Além disso, nosso ex-aluno participou de outras atividades extracurriculares no Etapa, como o Clube de Atualidades, e dos projetos realizados durante as aulas avançadas de Biologia, os quais foram apresentados na Multi Expo. “Essas experiências foram importantes para a minha candidatura, pois demonstraram o quanto eu evoluí, não só academicamente, como também em termos comportamentais, adquirindo competências como o trabalho em equipe, a liderança, a capacidade de resolver problemas e o respeito às diferenças, por exemplo”, avalia.

Inclusive, foi o interesse pelas Ciências Biológicas que fez com que ele considerasse a ideia de estudar no exterior. “Eu sempre quis estudar em um país que oferecesse ainda mais incentivos a pesquisadores e destinasse mais recursos às universidades. Além disso, fui atraído pela ideia de fazer parte de uma comunidade acadêmica culturalmente diversa e que conta com clubes e organizações nos quais os estudantes podem se envolver”, destaca.

Ao saber que o Colégio oferecia suporte especializado nos processos de seleção para as universidades do exterior, Rodrigo procurou o Setor Internacional para se informar sobre as oportunidades que teria ao se candidatar.

Após uma extensa pesquisa sobre as principais instituições da América do Norte, o jovem decidiu se candidatar exclusivamente para as universidades canadenses, considerando o seu desejo de permanecer no país, que oferece condições facilitadas para a permanência dos estudantes internacionais. E durante o application¹, ele pôde identificar algumas particularidades nos processos de seleção do Canadá.

“A avaliação do desempenho escolar tem um peso maior no território canadense, tanto para conquistar uma vaga, como para concorrer às bolsas. Nesse caso, precisei manter as médias muito altas durante todo o Ensino Médio, para que o meu histórico se destacasse entre os candidatos”, afirma.

“Além disso, o Canadá não tem um sistema único de candidaturas, como as universidades americanas. Isso foi difícil porque eu precisei ler e me inscrever em diversos sites e ainda tive que me organizar para cumprir todos os prazos exigidos pelas instituições de ensino”, completa.

Ademais, Rodrigo contou com o apoio do Setor Internacional para realizar etapas adicionais, com o intuito de atender todos os requisitos do application, incluindo testes de proficiência, cartas de recomendação e as essays². “Para mim, as essays foram o aspecto mais desafiador da candidatura, considerando que os departamentos de admissão das universidades propõem temas sobre os quais nós não refletimos com frequência. É um processo que exige autoconhecimento para que o estudante seja capaz de demonstrar quem é, além do histórico escolar”, ressalta.

“Nesse contexto, eu pude enfatizar o quanto as atividades extracurriculares contribuíram para o meu desenvolvimento e, consequentemente, trazer perspectivas muito particulares sobre as minhas vivências no Colégio”, acrescenta.

Ao final desse ciclo, Rodrigo Santos Martines conquistou aprovações em seis instituições canadenses de ensino superior: Dalhousie University, McGill University, Simon Fraser University, University of Alberta, University of Calgary e York University.

Após atingir suas metas acadêmicas, o jovem revela os planos para os próximos anos. “Eu pretendo trabalhar em laboratórios de pesquisa e de desenvolvimento, lidando com projetos de Biotecnologia Ambiental, especialmente ligados ao plástico acumulado nos oceanos. Além disso, também penso em participar de pesquisas em Microbiologia e Virologia voltadas à saúde humana”, conclui.

 

Rodrigo Santos Martines vai estudar Ciências Biológicas na University of Calgary.

                                                                                                                     

University of Calgary

A instituição ocupa o 8º lugar na classificação das melhores universidades do Canadá, segundo o renomado ranking Times Higher Education (THE). Atualmente, a University of Calgary possui um corpo discente formado por 30 mil estudantes, sendo que 3 mil são oriundos de 125 países. A instituição também conta com mais de 50 institutos e centros de pesquisa em suas unidades, localizadas no Canadá e na cidade de Doha, no Catar.

 

¹Application: processo de seleção para as universidades do Canadá e dos Estados Unidos.

²Essays: redações que fazem parte dos requisitos dos processos de candidatura do exterior, principalmente das instituições de ensino superior dos Estados Unidos.

 

Veja também: 

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades