MATRÍCULAS

Receba informações

Internacional

Aprovações Internacionais 2020: Rafael Kenzo Sakamoto

Por Colégio Etapa em 24/08/2020
Rafael Kenzo Sakamoto também foi aprovado na USP e na Unicamp.

University of Pennsylvania (UPenn)

 

Rafael Kenzo Sakamoto, 18 anos, estuda no Colégio Etapa São Paulo desde o 5º ano do Ensino Fundamental. Após o período de adaptação, não demorou muito até que o jovem se identificasse com a atividade extracurricular de Robótica.

Durante essas aulas, os alunos aprendem a construir robôs capazes de realizarem movimentos precisos com a menor interferência humana possível. “Na infância, eu já tinha interesse em produzir protótipos utilizando blocos de montar e outros materiais. Por conta disso, quando eu cheguei ao Colégio, a Robótica deixou de ser um hobby e assumiu um papel central na minha vida acadêmica”, explica.

Desde então, Rafael coleciona premiações em competições estudantis coletivas. Na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) – modalidade teórica, foram três medalhas de ouro (2016, 2017 e 2019) e duas de prata (2014 e 2015), enquanto na modalidade prática foram três ouros (2016, 2017 e 2019) e um bronze (2016), além de dois prêmios extras (2017 e 2019) concedidos pela competição. A lista ainda inclui duas medalhas de bronze (2016 e 2019), uma medalha de prata (2017) e o 4º lugar (2018) na Competição Latino-americana de Robótica (LARC).

Além disso, o aluno também conquistou premiações individuais: uma medalha de ouro na Olimpíada Paulista de Matemática (OPF) em 2014; uma medalha de prata (2017) e uma de ouro (2018) na Olimpíada Paulista de Física (OPF); uma medalha de prata (2017) e uma de ouro (2018) na Olimpíada Brasileira de Física (OBF); e uma medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) em 2016.

 

Um sonho possível

Rafael conta que, no início, a ideia de estudar no exterior parecia um sonho distante. Porém, no Ensino Médio, ele começou a participar das palestras relacionadas ao tema e percebeu que tinha chances de ser aprovado em uma instituição de ensino superior internacional.

“O Etapa convidava muitos ex-alunos para contar as suas experiências sobre o application¹ e, durante esses eventos, constatei que eles tinham as mesmas preocupações que eu, mas que todos superaram esses desafios e conquistaram as aprovações que tanto sonhavam”, relembra.

O próximo passo foi identificar uma universidade alinhada com os seus objetivos acadêmicos. “Os meus critérios para escolher a instituição foram: as oportunidades relacionadas à pesquisa na área de Robótica e, ainda, a interdisciplinaridade. Eu pretendo cursar Engenharia, mas também gostaria de estudar Negócios e Empreendedorismo, por exemplo. Por isso, eu dei preferência às universidades que ofereciam um currículo flexível”, afirma.

No final do ano letivo, Rafael decidiu se candidatar à University of Pennsylvania (UPenn), por meio da modalidade early decision, na qual o estudante se compromete a efetuar a matrícula caso seja admitido.

“Eu fiquei positivamente surpreso quando soube da aprovação. Até aquele momento, eu estava me questionando se os meus esforços tinham sido suficientes, diante de taxas de aprovação tão baixas - no caso da UPenn, apenas 7,4% dos estudantes que se candidatam são aprovados. Agora, a minha ansiedade foi substituída pela sensação de que tudo valeu a pena”, diz.

 

Rafael Kenzo Sakamoto foi aprovado na University of Pennsylvania (UPenn).

 

Além da aprovação na UPenn, Rafael Kenzo Sakamoto também foi aprovado no curso de Engenharia Elétrica de duas instituições públicas de ensino superior no Brasil: a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), após prestar a Fuvest e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) por meio do processo seletivo exclusivo para estudantes que participam de olimpíadas científicas.

Depois de conquistar a tão sonhada vaga, o freshman² da UPenn faz planos. “Pretendo me inscrever em projetos de pesquisa científica já no primeiro ano, para adquirir experiência nas minhas áreas de interesse”, antecipa.    

 

Sobre a University of Pennsylvania

A UPenn foi eleita a sexta melhor universidade dos Estados Unidos pelo ranking U.S. News & World Report, que avalia mais de 4 mil instituições de ensino superior americanas. A instituição também faz parte da Ivy League, o grupo com oito das universidades mais prestigiadas do país.

A universidade conta com quatro faculdades que oferecem programas de graduação: Artes e Ciências, Engenharia e Ciências Aplicadas, Enfermagem e a Wharton School, uma das mais famosas escolas de Negócios do mundo. A instituição disponibiliza mais de 90 majors³ e 80 minors4. Entre os cursos mais renomados estão Ciências Políticas, Comunicação, Contabilidade e Finanças, Enfermagem, Filosofia e Negócios.

 

¹Application: processo de seleção para as universidades do Canadá e dos Estados Unidos.

²Freshman: estudante do primeiro ano das instituições americanas de ensino superior.

³Majors: formação nas universidades americanas que equivale à graduação no Brasil.

4Minors: formação secundária nas instituições de ensino superior dos Estados Unidos, conquistada no caso de estudantes que fazem matérias eletivas concentradas em uma especialidade.

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades