MATRÍCULAS

Receba informações

Internacional

Aprovações Internacionais 2020: Artur e Miguel Vieira Pereira

Por Colégio Etapa em 03/08/2020
Artur e Miguel Vieira Pereira foram aprovados no Institut National des Sciences Appliquées, uma das melhores universidades de Engenharia da França.

Institut National des Sciences Appliquées (INSA Lyon)

 

Irmãos que sonham juntos, realizam juntos! Esse é o lema de Artur e Miguel Vieira Pereira, 18 anos, que ingressaram no Colégio Etapa na 1ª série do Ensino Médio em 2017. Os irmãos escolheram o Etapa motivados pela tradição do Colégio em competições científicas e em aprovar alunos em universidades internacionais.

“O interesse em estudar no exterior surgiu em 2016, após uma sugestão da nossa mãe. Inicialmente, fiquei animado com a possibilidade, porque gosto muito de viajar e de conhecer novos lugares. Depois, constatei que as instituições internacionais de ensino superior oferecem muitas possibilidades, sobretudo, na área da pesquisa científica”, relembra Miguel.

E, para terem boas chances no processo de seleção de universidades do exterior, que valorizam bastante as atividades extracurriculares, os jovens se dedicaram intensamente às olimpíadas científicas. Juntos, Artur e Miguel conquistaram 18 premiações em competições individuais e coletivas.

As conquistas de Artur foram: uma medalha de ouro (2018) e duas de bronze (2017 e 2019) na Olimpíada Paulista de Física (OPF); duas medalhas de prata na Olimpíada Brasileira de Física (OBF) em 2017 e 2019; uma medalha de bronze (2018) e duas menções honrosas (2017 e 2019) na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP); e uma medalha de prata na fase nacional do Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT) em 2019.

Já as conquistas de Miguel incluem duas medalhas de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astrofísica (OBA) em 2018 e 2019; uma medalha de prata (2019) e duas menções honrosas (2017 e 2018) na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP); uma medalha de prata (2018) e uma de bronze (2019) na Olimpíada Brasileira de Química (OBQ); uma medalha de prata na fase nacional do Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT) em 2019; e uma medalha de bronze na Olimpíada Europeia de Física (EuPhO) em 2019.

“A preparação para as olimpíadas foi fundamental para a minha aprovação, porque envolveu aulas avançadas, contribuindo para aumentar as minhas notas em outras disciplinas, e ainda me aproximou dos professores, que me apoiaram e escreveram as minhas cartas de recomendação”, destaca Artur.

 

Preparação em dose dupla

Em 2019, Artur e Miguel procuraram o Setor Internacional do Colégio para dar início ao processo de candidatura às universidades do exterior. Assim, começou uma extensa pesquisa para identificar as instituições internacionais de ensino superior mais compatíveis com os objetivos acadêmicos e profissionais de ambos.

“O Setor Internacional prestou todo o suporte necessário para que nós tomássemos a melhor decisão. Eles são experientes e nos indicaram as universidades que tinham mais a ver com os nossos perfis e que eram reconhecidas nas áreas de pesquisa e desenvolvimento”, afirma Miguel.

“Além disso, os orientadores nos ajudaram a planejar um cronograma de tarefas, para que nós pudéssemos reunir toda a documentação necessária e estudar para os testes de proficiência em tempo hábil”, completa Artur.

No fim do ano, os jovens receberam a boa notícia: Artur Vieira Pereira e Miguel Vieira Pereira foram aprovados no Institut National des Sciences Appliquées (INSA), considerada uma das melhores universidades de Engenharia da França. Eles foram selecionados por meio do AMERINSA, programa internacional destinado à qualificação de jovens talentosos da América Latina.

Além desse resultado, eles também tiveram um bom desempenho nos vestibulares brasileiros. Artur foi aprovado nos cursos de Engenharia Aeronáutica da Universidade de São Paulo (USP) e de Engenharia Física da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR).

Já Miguel foi aprovado em 1º lugar na classificação geral do curso de Engenharia Aeronáutica da Universidade de São Paulo (USP); e nos cursos de Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e de Engenharia Aeroespacial da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Felizes com as aprovações, os irmãos agora fazem planos para o futuro. “Nos próximos dois anos, nós teremos uma grade curricular básica no INSA. Durante esse período, eu terei tempo para refletir sobre os meus interesses e me decidir entre as especializações em Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica”, diz Miguel.

“Além disso, o INSA permite que o aluno curse a graduação e o mestrado simultaneamente. E é provável que eu siga esse caminho”, completa Artur.

 

Artur e Miguel Vieira Pereira estudarão no INSA-Lyon

Sobre o Institut National des Sciences Appliquées (INSA)

O Institut National des Sciences Appliquées (INSA) é reconhecido mundialmente pela qualidade acadêmica de seus cursos, especialmente os de Engenharia e de Ciências Exatas.

Fundado em 1957, o INSA foi criado para capacitar os engenheiros que trabalhariam na reconstrução do continente europeu após a Segunda Guerra Mundial. Passado esse período, a instituição manteve o seu perfil de internacionalização e continua recebendo estudantes de diferentes lugares do mundo.

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades