MATRÍCULAS

Receba informações

Vestibular

Histórias para inspirar: Yuri Forsthuber Alandia

Por Curso Etapa em 15/06/2021
Yuri Forsthuber Alandia afirma que o Curso Etapa ofereceu a mesma estrutura da modalidade presencial no ensino remoto.

Quando Yuri Forsthuber Alandia decidiu seguir carreira em Direito, não conseguia se imaginar em outro lugar que não fosse na Universidade de São Paulo (USP). Por conta disso, o jovem ficou sem palavras no momento em que soube da aprovação no curso dos seus sonhos.

“Eu estava sozinho em casa quando recebi a ligação de uma amiga dizendo que o resultado da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) tinha sido divulgado. Quando encontrei meu nome na lista, fiquei tão eufórico que precisei conferir várias vezes. A sensação de conquistar uma vaga na universidade é indescritível, especialmente após um ano desafiador como foi 2020”, relembra.

Assim como ocorreu com outros milhares de vestibulandos, Yuri também precisou lidar com as mudanças impostas pela pandemia da Covid-19. “No início, o ensino remoto foi uma experiência complexa, por exigir ainda mais concentração e disciplina. Mas logo percebi que o Etapa ofereceria a mesma estrutura da modalidade presencial e isso me tranquilizou, pois eu sabia que teria apoio integral para me preparar adequadamente”, afirma.

“Além disso, o isolamento social acabou se revelando uma vantagem, nesse contexto. Sem a possibilidade de sair, eu encontrei mais tempo para me dedicar aos estudos e às leituras obrigatórias da Fuvest”, completa.

Para Yuri, os recursos digitais do cursinho foram grandes aliados durante sua preparação. “Ao longo do ano, eu utilizei o Plantão para esclarecer todas as dúvidas sobre as matérias mais cobradas nos vestibulares. Sem falar no Escreve Etapa, ferramenta criada para conectar os alunos que estão praticando as redações aos plantonistas que corrigem essas propostas de texto”, destaca.

“Contar com esse apoio fez toda a diferença para que eu tivesse um bom desempenho nas provas redacionais. Em todos os encontros, eu recebi orientações completas sobre meus textos, considerando os requisitos exigidos pelas bancas avaliadoras dos exames. Além disso, os plantonistas sempre forneciam dicas sobre obras literárias e outros materiais que poderiam me ajudar a criar um repertório e a refinar meus argumentos sobre diversos assuntos”, ressalta.

Outro destaque da sua preparação foram os reforços. “As aulas de reforço foram essenciais durante a revisão final, pois exploravam todos os conteúdos da segunda fase, especialmente de Humanidades, e nos incentivavam a treinar a resolução das questões dissertativas”, conta.

Por último, Yuri Forsthuber Alandia também destaca a importância dos simulados do Etapa para a melhora do seu desempenho. “Esses testes foram muito importantes para que eu pudesse me adaptar ao estilo dos vestibulares. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por exemplo, é uma prova longa e exige mais concentração do estudante. Ao participar dos simulados, eu aprendi a gerir o tempo de resolução das questões e a dominar o nervosismo quando fui efetivamente prestar os exames”, diz.

“Na minha opinião, todo estudante deveria participar desses testes, especialmente porque o conteúdo é muito semelhante ao da prova, então o candidato saberá o que esperar dos vestibulares e conseguirá manter a tranquilidade para demonstrar todo o conhecimento que adquiriu ao longo do ano”, conclui.

 

Conheça mais o Curso Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades