<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=277882379290217&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
FAZER A REMATRÍCULA

Receba informações

Internacional

Aprovações Internacionais 2019: Lara Franciulli Teodoro de Souza

Por Colégio Etapa em 13/06/2019
Lara Franciulli Teodoro de Souza vai estudar na Stanford University.

Dartmouth University, na Duke College e na Stanford University

Lara Franciulli Teodoro de Souza, 18 anos, iniciou os estudos no Colégio Etapa em 2015, ainda no Ensino Fundamental II, após conquistar uma bolsa de estudos no Desafio Etapa. Com o apoio da mãe, professora de Matemática, e do pai, Revisor Publicitário, a jovem decidiu estudar no Etapa por conta da tradição do colégio em olimpíadas estudantis e em aprovações internacionais. “Como eu participava dos treinos dos Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo - POTI¹, sabia o quanto o Etapa oferecia uma preparação forte”, conta.

Foi no Etapa que Lara começou a considerar seriamente a ideia de estudar no exterior. “Muitos amigos da equipe olímpica estavam produzindo o currículo para o application² e eu também comecei a considerar a possibilidade de me candidatar a uma vaga numa universidade fora do país. Participei das palestras e das orientações do Setor Internacional e, à medida que conheci as universidades e a excelência acadêmica dos cursos, não tive dúvidas de que era isso o que eu queria”, relembra Lara.

A afinidade com as disciplinas de exatas rendeu a ela dez medalhas em competições estudantis, mas a participação nas olimpíadas de Informática foi determinante para que Lara descobrisse a sua verdadeira vocação e optasse pelo curso de Ciência de Computação. “Quando aprendi a programar, a identificação foi imediata. Comecei a participar de eventos relacionados à programação e conheci muitas mulheres bem-sucedidas na área, que me inspiraram e me motivaram a seguir em frente”, diz.

Fora do Etapa, Lara gosta de estar na companhia dos amigos, assistir às suas séries preferidas e se dedicar ao voluntariado, especialmente ao projeto “Juntos Somos Um”, que ela fundou com a mãe para incentivar o exercício da cidadania em regiões carentes e promover o acesso das crianças à educação e à cultura.

“O voluntariado mudou a minha vida, pois por meio dele eu reconheci o meu papel na transformação da sociedade. O trabalho social também foi decisivo para que eu optasse por uma graduação interdisciplinar: além de cursar Ciência da Computação, eu pretendo estudar temas como Questões de Gênero, Ciência Política e Educação para continuar gerando mudanças positivas na sociedade”, destaca.

 

Stanford University

 

Enquanto aguarda o início das aulas na Stanford University em agosto de 2019, Lara faz planos para quando concluir a graduação. “Quero trabalhar alguns anos como programadora e, depois que adquirir experiência, pretendo fundar uma empresa de tecnologia para melhorar a educação pública brasileira”, revela. 

 

¹Os Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo (POTI) fazem parte de um projeto do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), que tem o objetivo de melhorar o desempenho dos estudantes em competições olímpicas de Matemática. No POTI, as escolas voluntárias, como o Colégio Etapa, financiam o treinamento dos competidores e oferecem a estrutura necessária para o desenvolvimento acadêmico dos participantes.

²Application: processo de seleção para as universidades internacionais.

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades