MATRÍCULAS

Receba informações

Vestibular

Histórias para inspirar: Heloísa Costa Alencar

Por Curso Etapa em 13/07/2021
Heloísa Costa Alencar também foi aprovada em Enfermagem na a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Heloísa Costa Alencar só soube que tinha sido aprovada no curso de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) após receber dezenas de mensagens dos amigos, que encontraram o nome dela na lista e começaram a parabenizá-la.

“Este ano, a Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) antecipou a divulgação da relação de aprovados, então eu realmente não estava esperando. Quando meus amigos me avisaram, senti um frio na espinha e precisei conferir o resultado oito vezes para acreditar”, relembra a jovem, que também foi aprovada no curso de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e na carreira de Enfermagem da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Heloísa, que começou a prestar vestibular ainda no Ensino Médio, conta que adotar uma nova estratégia foi a chave para ter um bom desempenho nos exames.

“Em 2020, eu iniciei os estudos na modalidade Medicina Integral do Curso Etapa e essa experiência foi determinante para minha aprovação. Foi no Etapa que aprendi a estudar e a ter disciplina. E sabendo que o vestibular dessa carreira demanda uma preparação intensa, me dediquei a assistir às aulas e à prática recorrente dos exercícios, descobrindo novos conceitos e técnicas de estudo”, explica.

“Para mim, estudar em período integral foi a melhor opção. A grade do curso considera os principais aspectos que envolvem os vestibulares de Medicina, por isso as aulas visam cobrir todas as lacunas de aprendizado. Dessa forma, o aluno terá todas as condições para superar as notas de corte, que aumentam a cada ano, e conquistar a aprovação”, completa.

Passada essa fase, a ex-aluna do Curso Etapa relembra de todos os momentos com carinho. “Eu sempre me emociono quando vejo os professores nos eventos on-line ou nas redes sociais, apesar de não termos nos conhecido pessoalmente. Ao longo do ano, foram muitas conversas e palavras de incentivo, que fizeram toda a diferença para que eu seguisse motivada até o início dos exames”, diz.

“Além disso, eles demonstram muito conhecimento sobre os assuntos e são muito didáticos nas explicações. Tudo isso sempre mantendo o bom-humor, que é tão necessário, a despeito do cenário que estamos vivendo”, afirma.

Heloísa também destaca o apoio que recebeu dos plantonistas e tutores durante a sua preparação. “O Plantão é uma ferramenta excelente e os plantonistas são muito eficientes no esclarecimento das dúvidas. Sinceramente, não me recordo de um dia em que eu tenha saído desse atendimento com alguma incerteza. Além disso, eu recebi mentorias de ex-alunos do Etapa, que trilharam o mesmo caminho e exerceram um papel fundamental nos momentos mais difíceis”, diz.

Por último, Heloísa Costa compartilha duas dicas que podem ajudar as próximas gerações de vestibulandos de Medicina. “Seu maior adversário é você mesmo. Por isso, o estudante deve ter em mente que procrastinar e faltar às aulas certamente irá afetar seu desempenho. A preparação precisa ser planejada e o aprendizado ocorrerá de forma gradativa, de modo que não existem atalhos para ir bem no vestibular”, alerta.

“Além disso, é importante incluir momentos de descanso em meio à preparação. O estudante que consegue estabelecer esse equilíbrio terá mais facilidade para assimilar os conteúdos”, conclui.

 

Conheça mais o Curso Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades