MATRÍCULAS

Receba informações

Olimpíadas Científicas

Alunos do Etapa conquistam medalhas de ouro na CLatQui 2021

Por Colégio Etapa em 07/06/2021
Matheus e Enzo conquistaram, respectivamente, o 1º e o 2º lugar na classificação geral do Nível Básico da CLatQui 2021.

Matheus Gallerani da Conceição e Enzo Pereira da Cunha, alunos do Colégio Etapa, conquistaram duas medalhas de ouro na 2ª edição da Competição Latino-Americana de Química (CLatQui), que ocorreu virtualmente entre os dias 1º de março e 30 de abril. Já a lista dos vencedores foi anunciada no dia 30 de maio.

Com esses resultados, Matheus e Enzo encerraram as suas participações, respectivamente, em 1º e em 2º lugar na classificação geral e conquistaram as duas medalhas de ouro concedidas pelo comitê organizador aos competidores do Nível Básico. A CLatQui 2021 contou com a participação de cerca de 70 estudantes de 12 países nessa modalidade.

Além disso, essa edição também premiou alguns alunos considerando critérios como o competidor que alcançou a maior pontuação em determinada questão e os participantes com mais contribuições nos fóruns de discussão organizados pelo torneio, por exemplo.

 

Confira a seguir as outras conquistas dos nossos alunos na CLatQui 2021:

Prêmio Hidrogênio – destinado ao estudante que obteve a maior pontuação em uma ou mais questões

  • Matheus Gallerani da Conceição – premiado pela resolução das questões “Geladeiras, cloro e Prêmios Nobel”, “Sou eu ou faz calor aqui?” e “Hidrocarbonetos: dando a partida na química orgânica”;
  • Enzo Pereira da Cunha – premiado pela resolução das questões “Química em femtosegundos” e “Importância e cuidados no uso de fertilizantes”.

 

Prêmio Platina – destinado ao participante que alcançou a maior nota entre os estudantes do seu país

  • Matheus Gallerani da Conceição – superou o desempenho dos 40 estudantes brasileiros que participaram do torneio, somando 593,07 pontos.

 

Sobre a Competição Latino-Americana de Química (CLatQui)

Criada em 2020, a CLatQui tem o intuito de fomentar o aprendizado da Química nos países que integram a América Latina, oferecendo informação, conhecimento e desafios aos participantes do torneio. Nessa olimpíada, os competidores concorrem individualmente em duas modalidades:

  • Nível Básico – recomendado para os estudantes que participam de competições nacionais de Química em seus países de origem. No caso do Brasil, o nível de dificuldade é equivalente ao da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ);
  • Nível Avançado – recomendado para os estudantes que já participaram de torneios internacionais dessa disciplina. O nível de dificuldade dessa modalidade é equivalente ao da Olimpíada Ibero-Americana de Química (OIAQ).

 

Conheça mais sobre o Colégio Etapa

Artigos Recomendados

Cadastre-se e fique sabendo das novidades